Curiosidades - Pombagira Maria Padilha


Como foi dito em um texto anterior é muito complexo falarmos sobre entidades, existem diversas visões e opiniões sobre este tema. Falar sobre qualquer entidade de Umbanda é delicado, pois sabemos sobre o espírito que deu Origem a determinada linha e por este motivo devemos nos lembrar que existem diversos outros espíritos que atuam na mesma, sendo então falangeiros e atuando como representantes do espírito que à originou. Por isso temos tantas Maria Padilha. tais como Maria Padilha das Almas, da Estrada, Do Cruzeiro e tantas outras. 
Maria Padilha está relacionada à feitiços, é muito comum vermos em filhas ou filhos de Oxossi, Èsù, Oxum, Iemanjá e Oyá, o que não quer dizer que não possamos ver a mesma manifestada em filhos de outros Orixás.
O Texto a seguir está relacionado à Maria Padilha das Almas :
"Nasci em uma época em que as pessoas eram dotadas de bons costumes, por eu ser de uma família que possuía tradições e comportamentos de acordo com a sociedade, quando eu atingi-se uma certa idade seria então apresentada à um rapaz de acordo com a escolha de meu pai, ao qual teria então que me casar com o mesmo.Assim este dia chegou, esta vontade foi feita, dando assim, início ao período mais caótico de minha vida.
Vivi durante anos ao lado de um homem que pensava que eu não via, mas eu sabia que o mesmo tinha outras mulheres. A jogatina fazia parte da vida de meu marido, dividas nos assombravam com o passar do tempo, mas isso não era pior do que os fantasmas da traição. Foi então que em muitas de minhas andanças na cidade, encontrei um rapaz ao qual me apaixonei e amei verdadeiramente.
Com ele eu pude sentir o gosto do verdadeiro amor, a liberdade, pude então viver, mas por ironia do destino, pelas fofocas daqueles que nos vigiavam, meu marido veio a saber de meu relacionamento as escondidas.
Assim em uma noite eu e meu amante fomos brutalmente assassinados, degolados, esquartejados por meu marido e seus capangas.
O homem deveria entender que o ser humano possui o direito de escolha e deve arcar com os caminhos escolhidos. Cada um tem o direito ao livre arbítrio, cada um tem o direito de ir, de vir e de conduzir a sua vida mesmo sem saber que tudo já tenha sido predestinado por algo maior.
Se cada um respeitasse primeiramente a si mesmo em primeiro lugar, este mundo caminharia de uma forma melhor. O grande problema é que o ser humano pensa que é um juiz, um julgador e dono das pessoas. Se parassem de se sentirem donos das pessoas, se pararem de se sentirem Deuses e se colocarem como meros mortais, falhos e que necessitam evoluir este mundo caminharia melhor.

Sou aquela que caminha pela sombra sem ser percebida
Sou aquela que acompanha cada passo
Sou aquela que conhece cada pensamento
Sou aquela que conhece cada ato
Sou aquela onde nada passa despercebido
Sou o feitiço
Sou o perigo
Sou aquela que te livra do mal e dos inimigos"

"Sua catacumba tem mistério
Mas ela é rainha do cemitério
Mas ela é loira tem olho azul
Maria Padilha filha de seu Omolu."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exú Cainana

Curiosidades - Exú Brasinha