Preto – Velho



Sou o grito das almas, sou os gemidos de dor, sou o sofrimento da pele que sentiu o ódio e o rancor
Sou o sorriso da criança, sou a alegria da alma, sou a sabedoria e sou o amor
Sou Preto-Velho do Congo, sou Preto-Velho de Angola e sou Preto-Velho Nagô
Sou a Luz Divida na paz, na caridade e no amor
 Sou alma liberta da intriga, da maldade e é isso o que eu sou
Sou as Almas benditas sou a pureza da alma, sou a representação de nosso Senhor
Sou Preto-Velho das Almas, Preto-Velho da Alegria, Preto-Velho da Sabedoria e Preto-Velho do Amor
Quando olhares para o céu verás o quem eu sou, sou a presença infinita de Deus, o nosso Criador, e quando me vires dirás:
 “Tá caindo fulô
Tá caindo fulô
Cai do céu
Cai na Terra
Olelê tá caindo Fulô”
Autor: Samir Castro

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Exú Cainana

Curiosidades - Exú Brasinha